here

Numa segunda-feira. Com exame às nove da manhã e o Gomo à espera, bem no fim de todo o stress matinal. Com a chuva que nada foi simpática ao nosso início de semana, eis que o Gomo foi. E confesso que fiquei muito surpreendida. Afinal comida saudável é isto. Deve ser mesmo isto: nutritiva e saborosa.






O GOMO não podia estar mais debaixo do nariz. Situado a poucos metros da saída do metro do Saldanha, é compreensível que não o consigam ver logo logo à primeira vista. Muito menos num dia chuvoso. Mas se forem com olhar atento... voilà. 


Assim que entramos na loja, sentimos que estamos numa espécie de mini-mercado. Foi essa a primeira impressão. Com frutas e legumes frescos conservados em jeito de decoração da própria loja. Sim, loja, porque podem adquirir as frutas e os legumes que estão expostos. É um conceito de restaurante/mercado muito interessante!


As paredes transbordam saúde. Até me fazem sentir culpada por cada McChicken que este estômago já viu. Com boa luz, boas mesas e side notes inspiradoras em tudo o que é canto, não podíamos sair do Gomo mais: Ok, é hoje que mando o McDonald's dar uma volta.




 Os Pedidos


Para a Ana. A miúda das saladas e do copinho de água. Pediu uma salada Viva (5.50€) que incluía uma variedade de ingredientes: peito de frango salteado, alface, rúcula, cogumelos frescos e crouttons. E o mais curioso deste prato? O topping. Geleia de framboesa e queijo creme. 


Para mim e para a Filipa. Toda a santa vez que vou a um sítio em categoria de estreante, não me consigo decidir pelo menu. E, por isso, confio na melhor veggie que conheço: a Lips (aka Filipa). E não falha. Pedimos o Menu Equilíbrio Wrap + Sopa + Bebida (8€). Achei interessante o facto de o Gomo ter 3 sugestões de menu, cuidadosamente escolhidas por uma nutricionista: a Ana Bravo. E o nosso menu incluía-se numa delas. 

O wrap embrulhava presunto, molho de pesto, tomates cherry e alface. E ainda vinha acompanhado de um mini snack composto por fatias de cenoura e um molho (incrível!) de alho. A sopa escolhida foi a de espinafres. E ainda bem que foi! 

Se acham que este é um menu demasiado caro e demasiado "cheio" (porque a verdade é que saíamos de lá mesmo bem saciadas) não percam a oportunidade de pedir pelo menos a sopa de espinafres e aquele espetacular sumo de laranja. Fiquei parva. Nunca na vida me tinham servido um sumo de laranja tão docinho e cremoso como o que só a minha mãe sabe fazer. (Acho que foste superada, Mamã!)


O melhor do Gomo é que até comerem aquilo que estão a pedir, não vão perceber a essência. Mas assim que um gotinha daquela sopa de espinafres atingir as vossas papilas gustativas, vos garanto que vão ficar rendidos.


Por fim, ainda tomamos um café, para ver se mandávamos o mood de segunda-feira embora, que também estava delicioso. Os únicos pontos negativos de um bom lugar com boa comida passam sempre pelo preço. Mas como a minha rica avó diria: Um dia não são dias. E um dia como a segunda-feira merece o uso e o abuso deste ditado.

Blog using your mobile phone - One of the best blogging apps on the market - Click here

  • here
  • 4 Readers

Likes

Comments