tenerife


"11 am || by the pool

Resolvi ser a rainha da contradição e, num sítio quente, - que pede um sumo fresco tropical - bebi o meu primeiro cappuccino a sério! Com chantilli e canela no topo, as minhas papilas gustativas cantaram.

(Estava com tanta fome nestes registos que até comi o h de thoughts!)

Mas a verdade é que podia mesmo viver à base de um menu italiano, como sempre digo. A começar pela fabulosa pizza Margherita do hotel e a terminar pela pasta com pesto! 🍝


Aqui o café expresso é nojento. Vale pela bolachinha de canela e pelo momento itself. E de facto, tomar café, para mim, tem sido muito isto. Mesmo quando vamos todos a um café que serve um mau café, foco-me no momento de partilha, em que todos fazemos do café sobremesa que não aconteceu e deixamos que o assunto se alongue.



"Estar num hotel de 5 estrelas não é tão wowww como eu esperava. Só nos sentimos fora do lugar"


Quisemos ser curiosos e entrar. Havia um piano ao fundo da sala com um pianista a tocar uma bela melodia para os hóspedes que chegavam. Bem harmonioso e ostensivo. A coisa era tão deslumbrante que juramos até - em jeito de sonho - voltarmos um dia e ali fazer as nossas férias de verão. Mas pensamos melhor e, apesar de ser um objetivo a ter numa wishlist improvisada, talvez não nos enquadrássemos. No ambiente, nas pessoas, nas ostentações e nas etiquetas das etiquetas que talvez se esperem num lugar como este. Talvez estejamos a sobrestimar um espaço e as pessoas que o ocupam mas a verdade é que, naquele dia, depois de raciocinarmos mais sobre o assunto, saímos dali satisfeitos para voltar ao nosso hotel, o que nos confortou a alma. Ficou uma contentação geral, uma espécie de seize the moment, enjoy what you already are or have and just send the 5 star away."


🍉☕

Move your blog to Nouw - now you can import your old blog - Click here

Likes

Comments