N I C O L A U L I S B O A | Rua São Nicolau 17 (Seg -Sab  9h às 18h) Ouvi falar deste novo canto lisboeta pelo Little Tiny Peaces of Me   e as fotografias estavam tão maravilhosas que não pude deixar de reservar um dia da minha semana para lá passa…

Blog using your mobile phone - One of the best blogging apps on the market - Click here

  • 2 Readers

Likes

Comments

fashion, college
É Sábado . O melhor dia da semana! E é nestes dias de relaxamento total que gosto de refletir acerca da semana que passou e planear da melhor forma a semana seguinte. A semana que se avizinha vai ser bem mais calma que o semestre inteiro, bem sei. …

Likes

Comments

movietip
Ontem estava a fazer um scroll na zona de documentários do Netflix e eis que encontro este.  FIRST COMES LOVE . O título chamou-me.  Nina Davenport  é uma mulher de 41 anos, cujo desejo de ser mãe perdurou mais do que as suas relações amorosas. É u…

Likes

Comments

fashion
Estamos em meados de Setembro e novas etapas chamam por nós: o regresso à faculdade, ao trabalho, mas também o regresso aos dias mais frescos! Daí pensar em trazer-vos uma wishlist pré-outono , acho que lhe podemos chamar assim, aquela lista de coi…

Likes

Comments



1. Se tivesses de descrever a tua cidade em três palavras, quais seriam?
Tranquila, bonita e familiar.

2. Qual é a melhor coisa da tua cidade?
Eu diria que são as pessoas! Famalicão significa muito para mim, porque é lá que encontro a maioria das pessoas que amo e conheço e essa é uma espécie de "garantia de qualidade" da cidade que me viu pequenita, menos pequenita e agora, jovem adulta.


3. O que é que dizes sempre às pessoas sobre o sítio onde vives?
Vivendo e estudando em Lisboa, na maior parte do ano, muitas vezes me vejo a responder a esta pergunta. E começo sempre por dizer: "É tão diferente de Lisboa... Não tem nenhum Chiado, nem tão pouco sítio para comer uma pipoca e ver um filme mas garanto-vos: Vocês iam adorar!"
A começar pela inexistência de poluição sonora e a acabar nos sítios que conheço desde sempre, Famalicão consegue ganhar-me o coração. 


4. Como é que descreverias o estilo de moda da tua cidade?
Para ser sincera, nunca pensei muito nisto...! Mas acho que, sendo Famalicão uma cidade que contém duas escolas secundárias, é fácil observarmos uma semelhança de estilos, típica de pré-adolescentes e adolescentes! Quanto a pessoas da minha idade, acho que podemos destacar alguns estilos particulares e até elogiá-los, porque é mais nesta idade que começamos a definir o nosso estilo pessoal ou pelo menos é o que sinto que está a acontecer comigo. As raparigas, por exemplo, vestem-se muita bem, a meu ver! E os rapazes, se querem que vos diga, acabam por não variar muito, eles normalmente simplificam bastante as coisas, ficando-se por uma calça de ganga e uma T-shirt básica. E não há como errar combinando estes dois itens.

5. Que cidade onde nunca estiveste gostarias de visitar?
Há uns meses atrás, eu diria Paris, sem pensar muito! Mas agora que tenho lido e conhecido mais sobre este sítio, acho que iria adorar visitar Copenhaga. E aqui estão os responsáveis deste meu desejo: weareloveaddicts. Mas isto é uma resposta de momento, pois garanto-vos que ficava bem bem alegre se me dissessem que já amanhã seguia para Nova Iorque. É cliché, bem sei, mas é o sonho americano disfarçado de cidade, am I right?


6. Descreve um dia perfeito na tua cidade, de manhã à noite. Incluindo o que irias visitar/comer/pontos turísticos, etc.

Esta é uma ótima pergunta! 
Um dia perfeito começaria com um pequeno-almoço, na habitual Ribapão, com a minha mãe. O habitual pedido: sumo de laranja natural, uma meia de leite e pão torrado com doce de morango! O almoço seria, definitivamente, na Dona Maria Pregaria, com a Patrícia (aka bf), pediria o Pulga Atrás Da Orelha e um Ice Tea de Limão
Para o lanche, escolheria o Bubbles! E, claro, trazia a minha rica Bia comigo. Pedia, mais uma vez,  o menu das torradas barradas com manteiga e um doce, de preferência de um fruto silvestre (sou uma miúda de tradições!) e certamente que bebíamos uma limonada tão fresca, como só a do Bubbles é. 

Entre estas refeições, muito provavelmente, ia com uma destas três miúdas, rever a Parfois, uma das minhas lojas favoritas em Famalicão, pela novidade das tendências, pelo preço/qualidade e pelo à vontade com que podemos andar pela loja.

Como um dia perfeito pela cidade seria também ele um dia gordichão, provavelmente faríamos uma jantarada de amigos no Lafões, a melhor churrascaria de Famalicão! E, depois, sobremesávamos pelo McDonald's. E uma das coisas incríveis que Famalicão tem de diferente de outras cidades, é que este McDonald's não está "metido" num prédio ou num shopping. Não. Este Mc tem direito a espaço próprio, num sítio bem atraente da cidade.


7. Qual é o teu local secreto favorito na tua cidade?
Deixaria de ser secreto se o revelasse! Mas posso dizer que, de lá, temos uma vista diferente de Famalicão: adoro admirar as pessoas, nas suas rotinas, alguns a viverem, outros a existirem... mas todos no mesmo sítio, a irem para o trabalho ou a regressarem a casa para a pausa de almoço. 


*resolvi inspirar-me num Q&A que vi no site da Primark, que consistia num conjunto de perguntas sobre a blogger e a sua cidade natal. Gostei tanto das questões, como das respostas e, por isso, decidi trazer esse formato aqui para o blog. Espero que tenham gostado! :)

Blog using your mobile phone - One of the best blogging apps on the market - Click here

Likes

Comments



Por vezes, apaixonamo-nos por outfits impossíveis de replicar...! Aliás, em 99% das vezes esse é o meu caso: a típica Inês a sonhar com o outfit de amanhã no Pinterest quando sabe que a maioria das peças não as vai ter! Mas às vezes basta aquela pitada de inspiração para pegarmos no que já temos e lhes darmos um twist fashionista

E fiz esta colagem para mostrar isso mesmo, um outfit possível de ser personalizado: umas calças de ganga (o eterno cliché que sempre resulta), uma blusa com um navy blue fácil de se encontrar, mesmo que não seja em formato blusa - Quem não tem uma T-shirt ou top navy blue? - e, por fim, alguns extras que, muito provavelmente, teremos por casa: um batom vermelho (ando a namorar este da Sephora há cerca de 1 ano já) e uns brincos que se destaquem

Recentemente, encontrei estas argolas incríveis - e super acessíveis, diga-se! - na Parfois e ainda bem que o fiz. Desde então, não paro de pensar nos infinitos outfits que posso construir com elas. Aliás, confesso que foram elas as miúdas que me levaram a fazer todo este post. 

Tenham uma incrível quinta-feira! É quase quase sexta. :)

Likes

Comments

camisa vermelha
http://www.stradivarius.com/pt/roupa/camisas/camisa-c1390575p7423520.html?categoryNav=1390575&colorId=660&bundleId=7604551&defaultColorId=660

camisa preta
http://www.stradivarius.com/pt/roupa/blusas/camisa-comprida-decote-em-bico-c1695501p7490006.html?categoryNav=1695501&colorId=001

t-shirt branca
http://www.stradivarius.com/pt/roupa/blusas/top-com-bolso-c1695501p7490004.html?categoryNav=1695501&colorId=003&bundleId=7424318&defaultColorId=003

O CINTO QUE QUERIAS!!

http://www.zara.com/pt/pt/mulher/acess%C3%B3rios/complementos/cinto-pele-fivelas-c271008p3649660.html


Likes

Comments


Depois de Django, declarei-me rendida a Tarantino e decidi então começar uma watchlist dos filmes produzidos por ele. Aconteceu-me o mesmo com o realizador Wes Anderson após ter descoberto uns dos meus filmes favoritos - The Grand Budapest Hotel - mas a verdade é que não correu assim tão bem. Moonrise Kingdom - sendo este um filme mais antigo que o Grand Budapest - ficou muito aquém das expectativas...! 

Entre Pulp Fiction e o Django Unchained, passaram-se 18 anos. E, de alguma forma tarantiniamente maravilhosa, a qualidade mantém-se. Se, como eu, desprezaram um bocadinho este filme, ora pela capa, ora pela data, está mesmo (acreditem no que vos digo...!) mesmo na altura de o verem. 

Podem contar com a participação incrível de Uma Thurman que, para mim, apesar da curta participação no filme, ficou com as melhores lines. John Travolta, Samuel L. Jackson e Bruce Willis estão deslumbrantes, como sempre, sendo a personagem do Samuel L. Jackson uma das minhas favoritas, que por acaso também interpreta um papel exímio no Django! 

E, claro, é Tarantino, por isso podem sempre esperar estas três coisas: monólogos longos e memoráveis, referências a outros pedaços de arte cinematográficos e alguma controvérsia nas situações que nos expõe. 

Likes

Comments


A Leandra é uma fashion blogger diferente! Autora de um livro chamado MAN REPELLER e dona de uma personalidade admirável, faz-nos sentir confortáveis, faz-nos descer do altar de fashionistas do dia-a-dia para mulheres, autênticas e genuínas mulheres!

Não sei se já tinham detetado, mas a verdade é que sou uma grande adepta de humor. Muitas das minhas referências atuais são comediantes, porque a verdade é que eu procuro no humor a inteligência de cada um e é lá que a encontro, sempre! Levarmo-nos demasiado a sério é chato e este tem sido o meu mantra para a vida. A Leandra "abusa" dele e é isso que me fez falar-vos dela hoje. 

Começo por explicar o título do livro dela (Man Repeller), com palavras dela: "Good fashion is about pleasing women, not men, so as it happens, the trends that we love, men hate. And that is fantastic." Esta explicação é inteligente pa caramba e fez-me perceber que, de facto, a Leandra é isto tudo, ela é a mulher que todas nós somos naqueles momentos em que a câmara não está a disparar, ninguém está a olhar e a nossa vontade de impressionar é nenhuma. E isso, de uma certa forma, fá-la parecer super badass!

Mas, se ainda não estão convencidos, deixo-vos aqui o canal dela, que reúne as mais maravilhosas entrevistas a pessoas do mundo da moda, entre as quais, podem encontrar: Alexa Chung, Iris Apfel e Ines de la Fressange. Talvez estranhem, numa primeira abordagem, a personalidade fora deste mundo da Leandra, mas assim que entenderem o humor único e carismático, vão apaixonar-se...! 

Likes

Comments


Para saírem daqui super doutorados em bullet journal, resolvi responder a algumas perguntas que vi pelo Tumblr:


1. O que é o Bullet Journal?
Aqui têm um dos vídeos originais que explica o conceito, de uma forma um pouco chata, a meu ver. Ainda assim, se estiverem um bocado à deriva e quiserem mesmo começar um caderninho com base nestas instruções, é o vídeo certo. 
O conceito base do bullet journal é suposto ser um sistema de planeamento, uma espécie de agenda que vocês mesmos produzem, com a vossa letra. No fundo, é isto, de uma forma crua. Mas não ficamos por aqui...

2. O que preciso para iniciar o meu Bullet Journal?
Tão simples como isto: um caderno, uma caneta e inspiração, muita inspiração vinda quer dos vossos dias, quer do Tumblr e do Pinterest. As palavrinhas #bulletjournal em qualquer uma dessas plataformas ajudar-vos-ão a perceber melhor por onde começar. Recomendo-vos este vídeo, para acompanharem algumas das coisas que vos vou dizer, mais à frente.

3. Preciso de ter um dom para a caligrafia e material de escrita refinado para ter um bullet journal de sucesso?
Se percorrerem o meu tumblr (aqui) podem ver alguns exemplos de bullet journals e em todos eles vão encontrar semelhanças: pedaços de fita cola bonita, canetas incríveis e caligrafias invejáveis...! Mas isto não tem que ser assim: se são um zero à esquerda a desenhar, escrever, florear e se não têm coleções de canetas, ainda continuam na corrida para o bullet journaler do ano (ehehe) Os ingredientes para começarem o vosso estão na pergunta 2.

4. Em que medida é que o bullet journal é diferente de uma agenda ou diário?
Eu própria me questionava acerca disto: Então, mas porque é que eu vou começar uma agenda, se nem as minhas uso? E isso desmotivou-me bastante, até que 1 ano depois resolvi começar. E o melhor passo para compreenderem o bullet journal é este: começarem!
A meu ver, ele é diferente dos restantes comuns mortais agendas e diários porque: é um mix dos dois! Mas é um mix vosso. Eu acho que a verdadeira popularidade do bullet journal reside no facto de que podem ser vocês mesmos a personalizá-lo e a encherem-no dos conteúdos que pretendem.

 No fundo, podem organizar as vossas ideias, inspirações diárias, eventos, coisas-a-fazer, aspirações por bullets, uma espécie de capítulos, que é tão simples como, por exemplo, começarem a planear o vosso mês, a vossa semana ou até o próprio dia e, consoante isso, podem despender das páginas que bem vos apetecer.
Journal porque todo este sistema de planeamento e organização se torna mais pessoal quando partilham quotes favoritas, filmes que querem ver, lições que aprenderam! O céu é o limite no que toca aos conteúdos que partilham e à personalidade decorativa que vão dar ao bullet.

5. O que contém um bullet journal?
Como qualquer "livro", nem que este seja o livro dos vossos dias, ele tem direito a: uma capa, um índice e um extra: uma chave. Não uma chave física! Como vos disse, isto não é um diário. Mas sim uma chave que descodifique alguns símbolos que vamos usar ao longo do caderno, para tornarmos a leitura mais coesa e rápida. De forma opcional, podem ainda acrescentar um calendário, feito por vocês e se quiserem umas ideias, é só usarem as palavras mágicas #monthlylog nas plataformas que já referi na pergunta 2.

Conheçam, por fim, a minha versão do Bullet Journal.


Esta é a chave de que vos falava na pergunta 5! É muito giro irmos seguindo a mesma, mas confesso-vos que, por vezes me esqueço e reinvento novos símbolos. Mas como vos disse: o bullet journal é suposto ser uma coisa vossa, podem readptá-la sempre que vos apetecer!
Esta foi uma das primeiras páginas que fiz. Não é a perfeita, mas com o tempo, melhores desenhos e esquemas vieram. Ora vejam!









- O meu calendário -

Aqui está uma página dedicada ao planeamento da primeira semana de Setembro!
E deixo-vos, por fim, a mais recente página do meu bullet journal, já em modo semana #2 e com uma evoluçãozita nos extras decorativos! E não comprei nenhuma fita adesiva, recortei tudo isto de revistas antigas - Vogue Cristina foram as vítimas.
 




Likes

Comments

Fomos a uma exposição de fotografia e finalmente comprei um livro há muito desejado, do qual vos falei mais AQUI.
Comecei um bullet journal e apresentei-me, numa das primeiras páginas. A propósito disto, digam-me se seria interessante eu explicar-vos um bocadinho mais acerca do conceito bullet journal e partilhar convosco algumas páginas do meu.
Comecei uma nova #hashtag no instagram, denominada por #o_famalicao_incrivel, onde vou começar a partilhar bocadinhos incríveis da minha pequena cidade. Estes são alguns deles.

Organizei uma festa de Verão! É verdade... Fui uma verdadeira RP por uns dias e acho que tudo correu bem melhor do que estava à espera. Até direito a pulseiras de entrada os meus convidados tiveram. Foi bom saber que se Medicina não der.....

Foi Verão...! Os dias de calor, em Agosto, foram extraordinários. Ao tempo que não tínhamos uns dias assim, abafados. E a única solução que encontrei para eles foi a piscina cá de casa, que apesar de com o tempo, se tornar cada vez mais minúscula, ainda dá para refrescarmos. E claro, Agosto traz Domingos cheios da minha Nonó. :)

Este mês trouxe-me de volta ao meu café - que ficou em stand by por uns tempos, à conta da minha máquina de café cá de casa passar pela crise dos 2 anos - e trouxe-nos uma suspeita: Estará a Nina grávida? Hmmmm, é o que vamos descobrir, neste mês de Setembro.

Agosto foi assim mesmo: a gosto. Deu para aproveitar os bocados de Verão que me restam para completar a minha watchlist de séries e filmes que tinha para estes meses, assim como organizar a minha vida para o que aí vem: a faculdade, o 3º ano e Lisboa.

Espero que por aí, também tenham a sorte de entrar um bocadito mais tarde ao trabalho, tal como eu, que entro dia 19 deste mês! E claro, não me esqueço dos caloiros wannabe, que com certeza estarão muito aflitos nesta altura. Vai correr tudo bem! Está quase... :) Relaxem e aproveitem enquanto a vida não fica mais séria!

Likes

Comments

Não tenho por hábito usar preto no Verão, ora porque a acho uma cor mais fechada/invernesca, ora porque se torna a maior inimiga do calor...! Mas Setembro traz os dias mais curtos e as tardes mais frescas e é nelas que quero juntar a elegância e a simplicidade do preto aos tons mais claros e neutros, como é o exemplo do azul bebé e do branco

Confesso que esta montagem teve como "musa inspiradora" uma mulher cujo guarda-roupa não me importava nada de possuir. Refiro-me à bela Joana Afonso (@joana_afonso), uma das fantásticas escritoras do blog We Are Love Addicts, que possui uma energia notável, sempre de sorriso estampado no rosto, carisma nas palavras que deposita no blog e no instagram e, ainda mais, uma grande noção de estilo pessoal. Eu ando a devorar tudo aquilo em que a Joana toca, sabem aquelas fases estranhas em que damos por nós a stalkar pessoas que, de certa forma, admiramos? E a melhor maneira de não me sentir uma stalker de pessoas incríveis é mostrar-vos a minha maneira de as ver, no fundo é mostrar-vos o quão elas conseguem ser fascinantes aos meus olhos. 

Por isso, fica aqui a minha partilha de um outfit para Setembro, com tudo aquilo que ando a adorar, nomeadamente aquelas sapatilhas Adidas S U P E R S T A R e os brincos tassel! Tudo isto combinado com umas belas culottes pretas e estamos Joana Afonso q.b!

Likes

Comments