Nunca deixes de acreditar
Pois acreditar, é a unia forma
Que o cérebro encontra
Para dizer ao coração
Que não deixe o nosso corpo morrer.
Nunca deixes de sonhar
Pois sonhar é a única forma
Da nossa mente se soltar
Do que nos mantêm preso a nós...

Blog using your mobile phone - One of the best blogging apps on the market - click here!

Likes

Comments

Talvez não sejam meras palavras
O que ouves no som da minha voz
Talvez sejam ruídos
Frutos apenas da cabeça dos mais sós.

Na solidão das palavras
São encontradas verdades
Puras ou impuras
São sempre ditas com saudades.

Likes

Comments

Ó mar, ó mar
Meu melancólico e tempestuoso mar
Muitos de nós levas
Nesse teu deslumbrante azul
Teu ondular endurecido
De mágoas e rancores
Em que muitos são perdidos
Não se olhando a raças ou cores.

Há quem contigo sonhe
E contigo esmoreça
Há quem conte os segundos
À espera que amanheça
Só para que em ti veja
O reflexo da borboleta
Que no casulo deixou as marcas
De uma liberdade que deseja.

Likes

Comments

No olhar de um cego
Muito podemos descobrir
Mas da boca de um mudo
Palavras não poderemos ouvir.

São inúmeras as malícias
Ditas aos mais diferentes
Talvez por serem superiores
Aos que se dizem tão inocentes

A diferença é superficial
E com poder aparente
A igualdade é superior
Para quem é são de mente

Likes

Comments

No momento em que o sol procura o que a lua esconde
A escuridão do céu erradia-se por pontos de luz
Que ao caírem em simultâneo
Formam a mais bela chuva branca.
Chuva branca ou chuva negra?!
Chuva essa que se desvanece no ar,
Tornando o céu um lugar sombrio.

Likes

Comments

Saber coisas que sei
Dizer coisas que duvido
Falar de coisas que me dizem
Sem nunca as ter ouvido.

Sei coisas de ti
Coisas que mais ninguém sabe
E tu sabes de mim coisas
Que na cabeça de ninguém cabe

O saber é duvidoso
Mas as coisas também o são
O ver para crer
Será sempre a melhor solução

Likes

Comments